HomeÚltimas Notícias

Baleado em sequestro de ônibus no Rio está em estado crítico, mas estável

O homem baleado durante o sequestro de um ônibus na Rodoviária Novo Rio, nesta terça-feira (12), segue internado em estado crítico, mas estável, segundo atualização do seu estado de saúde na manhã desta quarta (13). Bruno Lima da Costa Soares, de 34 anos, foi transferido do Hospital Souza Aguiar, no centro da capital carioca, para o Instituto Nacional de Cardiologia (INC), na zona sul da cidade.

De acordo com a médica Aurora Issa, diretora do INC, Bruno está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital e uma equipe está avaliando a melhor opção para seguir com os cuidados. A necessidade de uma nova cirurgia está sendo avaliada, já que a vítima tem uma bala alojada no tórax.

“É uma cirurgia que pode ser ou não uma cirurgia maior, mas possivelmente ele pode passar por um procedimento menos invasivo. É isso que estamos avaliando”, afirmou.

Ainda segundo Issa, em alguns casos, quando o risco da realização de um procedimento é maior do que o oferecido pelo projétil alojado, o paciente pode seguir a vida sem a retirada da bala. Porém, como Bruno é um paciente jovem, a possibilidade de que ele passe por uma nova cirurgia é maior.

Antes de ser transferido, a vítima passou por uma outra cirurgia, de estabilização, no Hospital Souza Aguiar. Ele foi atingido por dois disparos, no tórax e no abdômen. Segundo a diretora, as balas perfuraram o intestino, o baço e o tórax dele.

O fato do paciente ser jovem e não ter doenças preexistentes contribuiu para o estado de saúde se manter em estabilidade, segundo a médica, que também citou a importância dos bancos de sangue para tratar vítimas como Bruno. “Ele precisou de seis bolsas de sangue no Souza Aguiar, e felizmente existia na rede um estoque que permitiu que ele recebesse as doações”, disse.

Bruno Lima da Costa Soares é petroleiro e havia conseguido uma vaga para trabalhar na Petrobras, no Rio, em novembro do ano passado. Pelas redes sociais, o presidente da empresa, Jean Paul Prates, afirmou que uma equipe multidisciplinar, composta por médicos e assistente social, está prestando todo o suporte ao empregado e seus familiares.

Sequestro de ônibus

Um grupo de 16 passageiros foi mantido refém nesta terça-feira (12) em um ônibus dentro da rodoviária Novo Rio, na região central da capital fluminense. Agentes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) acompanharam a ocorrência.

O sequestro teve início por volta das 14h e o criminoso se entregou perto das 18h.

Segundo o delegado Mário Andrade (4°DP), minutos após sair da plataforma na Rodoviária Novo Rio, o ônibus teve uma pane e precisou voltar, momento em que Bruno teria aproveitado para embarcar no coletivo. O criminoso, que tentava fugir do Rio, já estava no ônibus e achou que a “manobra” seria para prendê-lo. O homem então atirou e depois fez os passageiros reféns.

Além de Bruno, uma segunda pessoa também se feriu com estilhaços. Ela foi atendida no próprio terminal rodoviário e passa bem.

O criminosos foi identificado como Paulo Sérgio de Lima. Conforme informações da polícia, ele é morador da Rocinha e tem passagem por roubo.

O ônibus, da Viação Útil, partiria às 14h30 para Juiz de Fora (MG). Segundo a empresa, foram vendidas 37 passagens para a parte superior do ônibus, que é da categoria executiva, e 6 passagens para a parte inferior, que opera na categoria leito.

Fonte: clique aqui.

Você gostou desse conteúdo? Compartilhe!

COMMENTS