SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – A erupção do vulcão Etna, em Sicília, na Itália, causou atrasos e cancelamentos de voos após o fechamento de um dos maiores aeroportos locais, segundo a CNN.

A atividade vulcânica, que começou no final deste domingo (13), evoluiu para uma "fonte de lava", produzindo uma nuvem vulcânica dispersa na direção sul, segundo o observatório Etna do Instituto Nacional Italiano de Geofísica e Vulcanologia.

O aeroporto internacional de Catânia, na Sicília, permanecerá fechado até, pelo menos, às 20h (15h no horário de Brasília) desta segunda-feira (14), disse a assessoria de imprensa do aeroporto em um comunicado, após a erupção do vulcão.

Os voos programados para chegar a Catânia foram afetados com cancelamentos, desvios e atrasos. "Todas as chegadas e partidas estão, portanto, proibidas", afirmou o comunicado, acrescentando que os passageiros "se apresentem no aeroporto somente após consultar sua companhia aérea".

O fechamento ocorre poucos dias após o aeroporto retomar as operações, interrompido por um grande incêndio em seu terminal em meados de julho.

Fonte: Notícias ao Minuto