HomeInternacional

Veja quais são as principais datas das eleições nos Estados Unidos em 2024

As campanhas para a eleição presidencial dos Estados Unidos já começaram, com o presidente Joe Biden buscando a reeleição. No partido Republicano, Nikki Haley e Donald Trump disputam a indicação para disputar o pleito.

Mesmo com a forte influência e domínio de Trump entre os republicanos, ele precisa conquistar a indicação após uma série de eleições primárias. Além disso, outro ponto de atenção serão os debates presidenciais.

Tudo isso acontecerá tendo o dia 5 de novembro em foco, quando ocorrerão as eleições gerais. Veja as principais datas das eleições dos Estados Unidos em 2024.

Alguns estados têm votações que selecionam delegados não vinculados. Os delegados são uma figura eleitoral dos Estados Unidos, que faz parte do sistema de voto indireto. São eles quem efetivamente votam nos candidatos dos partidos.

Se ele estiver “vinculado”, um termo utilizado pelo partido Republicano, terá que votar necessariamente no candidato a quem ele foi atribuído. Se estiver “desvinculado”, pode  apoiar quem quiser quando chegar a convenção.

Março

  • 4 de março: Convenção presidencial republicana da Dakota do Norte;
  • 5 de março: Superterça –– os estados e territórios que realizam eleições incluem Alabama; convenções presidenciais republicanas do Alasca (administradas pelo partido); convenções presidenciais democratas da Samoa Americana; Arkansas; Califórnia; Colorado; votação por correspondência nas convenções democratas de Iowa; Maine; Massachusetts; Minnesota; Carolina do Norte; Oklahoma; Tennessee; Texas; primárias presidenciais democratas e convenções presidenciais republicanas de Utah; Vermont; e Virgínia;
  • 6 de março: Convenções presidenciais democratas no Havaí;
  • 8 de março: Convenções presidenciais republicanas na Samoa Americana;
  • 12 de março: Estados e territórios que realizam eleições incluem Geórgia, Mississippi, Washington; primárias presidenciais dos Democratas no Exterior; convenções presidenciais republicanas do Havaí, primárias democratas nas Ilhas Marianas do Norte (administradas pelo partido);
  • 15 de março: Convenções presidenciais republicanas nas Ilhas Marianas do Norte;
  • 16 de março: Convenção Republicana de Guam (seleciona delegados não vinculados);
  • 19 de março: Estados que realizam eleições incluem Arizona, Illinois, Kansas e Ohio; primárias presidenciais republicanas da Flórida; eleições primárias especiais do 20º Distrito Congressional da Califórnia; eleições primárias especiais do 6º Distrito Congressional de Ohio;
  • 23 de março: Eleições primárias presidenciais na Louisiana; eleições primárias presidenciais democratas no Missouri (administradas pelo partido);
  • 30 de Março: Primárias presidenciais democratas da Dakota do Norte (administradas pelo partido).

Abril

  • 2 de abril: Estados que realizam eleições incluem Arkansas (segundo turno primário não presidencial), Connecticut, Delaware, Mississippi (segundo turno primário não presidencial), Nova York, Rhode Island e Wisconsin;*
  • 6 de abril: Primárias presidenciais democratas do Alasca (administradas pelo partido);
  • 13 de abril: Convenções democratas presidenciais no Wyoming;
  • 16 de abril: Alabama (segundo turno primário não presidencial);*
  • 18 de abril: Convenção Republicana de Wyoming;
  • 21 de abril: Eleições primárias presidenciais republicanas de Porto Rico;
  • 23 de abril: Eleições primárias da Pensilvânia;
  • 28 de abril: Primárias presidenciais democratas de Porto Rico;
  • 30 de abril: Eleições gerais especiais do 26º Distrito Congressional de Nova York.

*O segundo turno no Arkansas, no Mississippi e em Alabama será realizado se nenhum candidato em uma disputa obtiver a maioria dos votos nas primárias de março

Maio

  • 1° de maio: Convenção republicana do Novo México (seleciona delegados não vinculados);
  • 7 de maio: Eleições primárias de Indiana;
  • 14 de maio: Estados que realizam eleições incluem Maryland, Nebraska e West Virginia. Os segundo turnos não presidenciais da Carolina do Norte serão realizados nesta data se houver disputas federais nas quais nenhum candidato tenha recebido mais de 30% dos votos nas primárias de março. Se não houver segundo turno nas disputas federais, o segundo turno para as eleições estaduais será realizado em 23 de abril;
  • 18 de maio: Convenção republicana de Montana (seleciona delegados não vinculados);
  • 21 de maio: Estados que realizam eleições incluem Geórgia, Idaho, Kentucky e Oregon; eleições gerais especiais do 20º Distrito Congressional da Califórnia*;
  • 23 de maio: Convenções presidenciais democratas em Idaho;
  • 23 a 25 de maio: Convenção republicana do Texas;
  • 25 de maio: Convenção republicana do Oregon;
  • 28 de maio: Segundo turno primário não presidencial do Texas**;

*A eleição no distrito da Califórnia só será realizada se nenhum candidato obtiver a maioria dos votos em 19 de março.

**Realizada se nenhum candidato em uma disputa obtiver a maioria dos votos nas primárias de março.

Junho

  • 4 de junho: Estados que realizam eleições incluem DC e Iowa (estaduais); primárias presidenciais democratas de Montana (primárias republicanas não são vinculativas); primárias presidenciais democratas de Nova Jersey (primárias republicanas não são vinculativas; primárias presidenciais democratas do Novo México (primárias republicanas não são vinculativas); primárias presidenciais democratas de Dakota do Sul (primárias republicanas não são vinculativas);
  • 8 de junho: Convenções presidenciais democratas nas Ilhas Virgens dos EUA e Guam;
  • 11 de junho: Primárias não presidenciais em Maine, Nevada, Dakota do Norte e Carolina do Sul; eleições gerais especiais do 6º Distrito Congressional de Ohio;
  • 18 de junho: Primárias não presidenciais em Geórgia (segundo turno)*, Oklahoma e Virgínia;
  • 25 de junho: Primárias não presidenciais em Colorado, Nova York, Utah e Carolina do Sul (segundo turno)**;

*O segundo turno da Geórgia será realizado se nenhum candidato em uma disputa obtiver a maioria dos votos nas primárias de maio.

***O segundo turno da Geórgia será realizado se nenhum candidato em uma disputa obtiver a maioria dos votos nas primárias de 11 de junho.

Julho

  • 15 a 18 de julho: Convenção Nacional Republicana;
  • 30 de julho: Estados que realizam eleições incluem Arizona e Dakota do Sul (segundo turno)*.

*O segundo turno em Dakota do Sul será realizado se nenhum candidato à Câmara dos EUA obtiver mais de 35% dos votos nas primárias de junho.

Agosto

  • 1° de agosto: Eleições primárias não presidenciais no Tennessee;
  • 6 de agosto: Eleições primárias não presidenciais em Kansas, Michigan, Missouri e Washington;
  • 10 de agosto: Eleições primárias não presidenciais no Havaí;
  • 13 de agosto: Eleições primárias não presidenciais em Connecticut, Minnesota, Vermont e Wisconsin;
  • 19 a 22 de agosto: Convenção Nacional Democrata;
  • 20 de agosto: Eleições primárias não presidenciais em Alasca, Flórida e Wyoming;
  • 27 de agosto: Segundo turno primário não presidencial*

*Realizada se nenhum candidato em uma disputa obtiver a maioria dos votos nas primárias de junho.

Setembro

  • 10 de setembro: Eleições primárias não presidenciais em Delaware, New Hampshire e Rhode Island.
  • 16 de setembro: Primeiro debate presidencial das eleições gerais, realizado na Texas State University, em San Marcos, no Texas;
  • 25 de setembro: Debate da vice-Presidência, realizado no Lafayette College em Easton, na Pensilvânia;

Outubro

  • 1° de outubro: Segundo debate presidencial das eleições gerais, realizado na Virginia State University, em Petersburg, na Virgínia;
  • 9 de outubro: Terceiro debate presidencial das eleições gerais, realizado na Universidade de Utah, em Salt Lake City.

Novembro

  • 5 de novembro: Dia das eleições

Dezembro

  • 3 de dezembro: Segundo turno eleitoral na Geórgia*
  • 7 de dezembro: Segundo turno da Louisiana**

*Realizado se nenhum candidato em uma disputa obtiver a maioria dos votos no dia da eleição.

**Louisiana não tem primárias partidárias. Em vez disso, todos os candidatos concorrem na mesma votação de 5 de novembro. O candidato que obtiver mais de 50% dos votos vence a eleição. Se ninguém o fizer, os dois primeiros candidatos avançarão para este segundo turno.

Fonte: CNN Brasil

COMMENTS