Após a repercussão do vídeo divulgado por Leda Souza, conhecida como Dona Leda, mãe dos gêmeos autistas, Caio e Hugo, a família já recebeu mais de R$800 mil reais em vaquinha online. A arrecadação tem como objetivo custear o tratamento dos adolescentes que possuem um grau severo de autismo. A história de Dona Leda e seus filhos, moradores de Teixeira de Freitas, no extremo sul da Bahia, ficou amplamente conhecida nas redes sociais a partir de um vídeo, onde a mãe dos gêmeos conta que cuida dos filhos sozinha e vêm passando por dificuldades em manter o tratamento jovens, que possuem autismo nível 3. Até esta terça-feira (19), a meta era de R$500 mil reais e foi alcançada em tempo recorde. Atualmente, a meta de arrecadação é de R$1 milhão. Nas redes sociais, a publicação referente a vaquinha já ultrapassa 138 mil curtidas e o perfil da Dona Leda alcançou a marca de 15 mil seguidores em poucos dias. A família também recebeu o apoio da instituição soteropolitana, a Associação de Apoio ao Tratamento com Canabinóides (AATAMED), com a doação de medicamentos, produtos e assistência neurológica. Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Razo?es Para Acreditar (@razoesparaacreditar)Fonte: Bahia Notícias