Autoridades da Califórnia, nos Estados Unidos, conseguiram deter quatro suspeitos de diversos arrombamentos de casas em South Lake Tahoe. Surpreendentemente, os culpados eram uma ursa fêmea e três de seus filhotes.

De acordo com a Associated Press, citando um comunicado do Departamento de Pesca e Vida Selvagem do estado, testes de DNA realizados nos locais confirmaram que a ursa negra e seus três filhotes foram responsáveis por pelo menos 21 casos de danos materiais desde 2022.

A mãe ursa e seus filhotes foram "seguramente contidos" na sexta-feira. A ursa adulta será levada para um extenso santuário de vida selvagem perto de Springfield, Colorado.

Os filhotes poderão ser encaminhados para um centro de reabilitação no condado de Sonoma, na Califórnia, com a esperança de interromperem os comportamentos negativos aprendidos com a mãe e, posteriormente, serem devolvidos à natureza, conforme mencionado no comunicado.

A fêmea é um dos três ursos adultos identificados no ano passado como responsáveis por 150 incidentes, incluindo danos materiais, na região dos lagos que se estende pelo norte da Califórnia e Nevada.

Inicialmente, acreditava-se que um único urso preto de grande porte, apelidado pelo público de 'Hank the Tank', estava invadindo as casas. No entanto, a Fish and Wildlife anunciou posteriormente que na realidade eram três ursos diferentes causando o caos.

Leia Também: Acidente com ônibus provoca "vários mortos" na Pensilvânia

Fonte: Notícias ao Minuto