HomeInternacional

Rússia inicia produção de míssil hipersônico “quase impossível de ser abatido”

A Rússia iniciou a produção em série de novos mísseis hipersônicos Zircon, disse o presidente Vladimir Putin nesta sexta-feira (23). Especialistas afirmam que esse tipo de míssil é quase impossível de ser abatido.

A Ucrânia afirmou ter evidências de que a Rússia disparou um míssil hipersônico Zircon pela primeira vez desde o início da guerra, durante os ataques à capital Kiev em 7 de fevereiro.

Especialistas destacam que, se o dispositivo seguir o que Moscou diz, é uma arma formidável. A velocidade hipersônica o torna invulnerável até mesmo às melhores defesas antimísseis ocidentais, como, por exemplo, o Patriot, dos Estados Unidos, de acordo com a Missile Defense Advocacy Alliance (MDAA).

As empresas da indústria de defesa russa aumentaram “nos últimos anos” a produção e o fornecimento de armas “várias vezes”, incluindo armas de ataque de alta precisão e veículos aéreos não tripulados, tanques, veículos blindados, artilharia, sistemas de defesa aérea, sistemas de contra-bateria e equipamentos de comunicação e reconhecimento.

Segundo o líder russo, outras tecnologias, incluindo a introdução de inteligência artificial no setor militar, também estão sendo desenvolvidas.

Ele elogiou a “coragem e valor” dos militares, incluindo aqueles que servem no que a Rússia chama de “operação militar especial” na Ucrânia.

“Vocês são verdadeiros heróis nacionais. Sabemos que é difícil para vocês e faremos todo o possível para ajudá-los a cumprir a missão que lhes foi atribuída”, destacou.

Fonte: CNN Brasil