Rumores: Independência de Taiwan significa guerra para a China

Com vários exercícios de guerra por parte da China, Taiwan desconfia de uma possível invasão à pequena ilha. O ministro das Relações Exteriores, Joseph Wu, disse no começo deste ano que vê a ameaça militar chinesa como algo que não pode ser aceito.

“Eles parecem estar tentando se preparar para lançar uma guerra contra Taiwan”, ele disse na ocasião em que foi entrevistado pela CNN.

Questionado se Taiwan tem alguma noção do momento de uma possível ação militar chinesa, dadas as avaliações da inteligência dos EUA de que Xi instruiu seus militares a estarem preparados até 2027, Wu expressou confiança nos preparativos de Taiwan.

“Os líderes chineses vão pensar duas vezes antes de decidirem usar a força contra Taiwan. E não importa se é 2025 ou 2027, ou mesmo além, Taiwan simplesmente precisa se preparar”, disse.

‘A independência de Taiwan significa guerra’

A China disfarça dizendo que pretende fazer uma “reunificação pacífica” quando se refere a Taiwan, mas também diz que “não promete abandonar o recurso à força militar, se necessário”.

Chen Binhua, um porta-voz do Gabinete de Assuntos de Taiwan do Conselho de Estado, observou que Pequim não mostrará nenhuma benevolência às forças pela “independência de Taiwan” se elas ousarem provocar incidentes defendendo a soberania da ilha.

“Quero enfatizar que a ‘independência de Taiwan’ significa guerra”, acrescentou o porta-voz.

EUA colaboram com armamento de exército taiwanês

Após o presidente dos EUA, Joe Biden, assinar recentemente uma doação de US$ 80 milhões (quase 400 milhões de reais) a Taiwan para a compra de equipamento militar americano, a China se ofendeu e condenou fortemente o gesto de Washington, conforme a BBC.

Embora o valor seja relativamente baixo, inferior a um caça a jato moderno, é um gesto significativo, por vir de contribuintes americanos. “Pela primeira vez em mais de 40 anos, os EUA tiraram dinheiro do próprio bolso para enviar armas a um lugar que oficialmente não reconhece, no âmbito de um programa chamado Financiamento Militar Estrangeiro (FMF, na sigla em inglês)”, ainda conforme a BBC.

Além disso, Taiwan já encomendou mais de US$ 14 bilhões (quase 70 bilhões de reais) em equipamento militar americano. O gesto dos EUA significa mais um reconhecimento diplomático a Taiwan.

Vale citar também que tropas terrestres taiwanesas estão sendo enviadas para treinamento nos EUA, e treinadores americanos estão indo a Taipei para se juntarem aos fuzileiros navais e às forças especiais de Taiwan.

Fonte: Guia-me