HomeÚltimas Notícias

Quais são os países que mais se destacam no empoderamento feminino, segundo a ONU

Na classificação internacional, que leva em conta índices como o nível de escolaridade e representatividade das brasileiras em postos políticos, Brasil ficou com índice de 0,637




O empoderamento das mulheres varia entre 43,2% do seu potencial total em países com baixo desenvolvimento humano

Foto: ANDERSON BARBOSA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Menos de 1% das mulheres e meninas de todo o mundo vivem em um país com alto índice de empoderamento feminino, de acordo com dados ONU. Uma análise feita pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e pela ONU Mulheres revelou, em 2023, que as mulheres são capacitadas para alcançar, em média, apenas 60,7% do seu pleno potencial, segundo o pelo Índice de Empoderamento das Mulheres (WEI).

Momentos que marcaram o empoderamento da beleza negra
Momentos que marcaram o empoderamento da beleza negra

O índice mediu o empoderamento feminino de 114 países em cinco dimensões do desenvolvimento humano: vida e boa saúde; educação, desenvolvimento de competências e conhecimento; inclusão laboral e financeira; participação na tomada de decisões; e liberdade da violência.

Segundo o levantamento da ONU, mulheres alcançam, em média, 72% do que os homens alcançam em dimensões-chave do desenvolvimento humano, refletindo uma lacuna de gênero de 28%.

O empoderamento das mulheres varia entre 43,2% do seu potencial total em países com baixo desenvolvimento humano e 73,4% em países com desenvolvimento humano muito elevado. No Norte de África e na Ásia Ocidental, a região com o menor empoderamento das mulheres, as mulheres são capacitadas para alcançar apenas 45,8% do seu pleno potencial.

Veja os primeiros colocados no índice de empoderamento feminino

  1. Suécia (0,828)
  2. Islândia (0,816)
  3. Austrália (0,805)
  4. Dinamarca (0,804)
  5. Noruega (0,802)
  6. Bélgica (0,801)
  7. França (0,792)
  8. Eslovênia (0,791)
  9. Finlândia (0,787)
  10. Suíça (0,786)
  11. Canadá (0,783)
  12. Letônia (0,782)
  13. Áustria, Holanda e Reino Unido (0,778)
  14. Espanha (0,7730
  15. Alemanha (0,762)
  16. Irlanda (0,759)
  17. Polônia e Singapura (0,757)
  18. Lituânia (0,756)
  19. Estados Unidos (0,752)
  20. Estônia (0,750)

Fonte: clique aqui.

Você gostou desse conteúdo? Compartilhe!

COMMENTS