Foto: Valter Pontes/ Secom PMS

A Prefeitura de Salvador entregou neste domingo (17) uma praça e uma nova arena esportiva com campo de gramado sintético, quadra de futevôlei e academia ao ar livre, na comunidade do Pé Preto, na região do Nordeste de Amaralina. A inauguração do espaço foi realizada pelo prefeito Bruno Reis, com a presença de autoridades municipais e atletas da região que já aproveitaram para utilizar os novos equipamentos.

O prefeito também anunciou que em outubro vai lançar a licitação para a construção de 271 unidades habitacionais no Pé Preto. Segundo ele, a expectativa é que a ordem de serviço seja assinada ainda este ano. “Tudo isso aqui é o início da transformação que estamos fazendo nessa região”, salientou Bruno Reis.

Este é o 29⁰ campo com grama sintética entregue pela Prefeitura desde 2021. O investimento na requalificação do equipamento foi de quase R$ 1 milhão, incluindo serviços de implantação de traves, alambrado e do gramado, além de iluminação em LED. Bruno Reis destacou também que, nos últimos anos, a gestão municipal já requalificou mais de 570 campos e quadras na capital baiana.

Após o ato de entrega oficial do campo, Bruno Reis participou do primeiro “baba” da arena, que reuniu lideranças, atletas locais e ex-jogadores de clubes da Bahia, a exemplo do ex-atacante do Bahia Marcelo Ramos.

O prefeito pontuou que, com o investimento no esporte, a Prefeitura promove inclusão social. “O esporte é saúde, disciplina, foco, mas principalmente pode ajudar a revelar novos talentos. Quando um jovem sai das comunidades para jogar nos nossos times, ele tem capacidade de influenciar de forma muito positiva. Esse campo que estamos entregando hoje, o 29⁰ desde 2021 com gramado sintético, não deixa a desejar para nenhum campo de condomínio privado”, afirmou.

Bruno Reis disse ainda que a praça e a nova arena fazem parte de uma transformação que vem sendo feita pela Prefeitura na região ao citar obras como a nova Escola Municipal Professora Anita Barbuda, que vai ganhar ainda cobertura na quadra esportiva e uma piscina para atividades dos alunos. “É investimento para melhorar a vida das pessoas”, frisou.

O secretário de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre), Júnior Magalhães, ressaltou que a Prefeitura tem feito investimentos robustos no esporte, que é uma ferramenta de inclusão social. Recentemente, a gestão municipal apresentou um pacote de medidas para a área com investimento de R$ 20 milhões. O secretário também pediu que a população ajude a cuidar dos novos espaços.

“A Prefeitura de Salvador continua avançando na construção de espaços esportivos e de lazer para proporcionar mais qualidade de vida aos cidadãos soteropolitanos e investindo cada vez mais, especialmente, nas comunidades vulneráveis, pela relevância do esporte na inclusão social, disciplina, respeito e, o mais importante, na redução comprovadamente da criminalidade entre a comunidade jovem dessas localidades”, frisou o titular da Sempre.

Transformação – O metalúrgico Israel Silva Santos, 42 anos, mora na região desde que nasceu e é um dos fundadores da liga de futebol amador local, que vai realizar competições no novo campo. Para ele, a estrutura vai proporcionar mais oportunidades para os jovens e vai movimentar economicamente a localidade, uma vez que as competições devem atrair pessoas de toda a cidade.

“Ficou uma maravilha. Aqui a gente tinha um campo de barro, mas agora é sintético, outro nível. A liga vai ter campeonato que vai gerar muitas oportunidades de renda para a população daqui. Vai movimentar bastante”, afirmou ele.

Bruno Reis também entregou a seis permissionários a autorização para uso de boxes que foram construídos no local para a comercialização de produtos. Um dos beneficiados foi Gilberto Batista, 60 anos, que já atua no local.

“Antes eu estava num barraco e agora tenho meu local legalizado, que ficou uma maravilha. Vai ser ótimo para a gente trabalhar, ganhar nossa renda, vamos ter outro padrão de vida. Agradeço muito por esse espaço, porque isso aqui é muito importante para a comunidade”, disse.

Fonte: SECOM / Salvador