HomeInternacional

Policial da Austrália é acusado de assassinar seu ex-namorado e o atual dele

Um policial australiano enfrenta duas acusações de homicídio depois de supostamente matar seu ex-namorado e seu novo parceiro e se desfazer de seus corpos, que ainda não foram encontrados.

O policial do estado de Nova Gales do Sul (NSW, na sigla em inglês), Beaumont Lamarre-Condon, de 28 anos, compareceu ao tribunal na tarde desta sexta-feira (23).

Ele é acusado dos assassinatos de Jesse Baird, 26 anos, e Luke Davies, 29.

O casal foi visto pela última vez na casa de Baird, no subúrbio de Paddington, no leste de Sydney, na segunda-feira (19).

Os temores pela segurança dos dois aumentaram depois que seus pertences ensanguentados foram encontrados em um depósito em Cronulla, a cerca de 30 quilômetros de distância.

O detetive superintendente da polícia de NSW, Daniel Doherty, disse a repórteres em uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira que sangue também foi encontrado em uma busca na casa de Baird, bem como um “projétil” e um cartucho disparado.

“Isso agora foi balisticamente comparado a uma arma de fogo da polícia de Nova Gales do Sul e essa arma de fogo pertence ao homem de 28 anos que foi acusado hoje”, disse Doherty.

A polícia disse em um comunicado que o policial fora de serviço acusado era um policial sênior vinculado a um comando especializado.

Um porta-voz do tribunal de NSW confirmou que Lamarre-Condon compareceu ao tribunal de Waverley nesta sexta-feira acusado de duas acusações de assassinato. Ele não pediu fiança.

A polícia disse que o policial foi preso quando compareceu à delegacia de polícia de Bondi na manhã desta sexta-feira, depois que seu nome foi publicado pela mídia local.

Baird era ex-apresentador de televisão da Network 10 e Davies era comissário de bordo, de acordo com relatos da mídia local.

Lamarre-Condon teria mantido um relacionamento com Baird e, embora Doherty não tenha comentado um motivo potencial, ele disse que uma linha de investigação incluirá se foi um “incidente de estilo doméstico”.

Os vizinhos se apresentaram para relatar ter ouvido uma forte discussão na manhã de segunda-feira.

Doherty disse que será alegado que Lamarre-Condon alugou uma van na segunda-feira que foi usada para se livrar dos corpos. A van foi localizada na manhã de sexta-feira, mas a polícia não revelou o que foi encontrado dentro.

Eles estão apelando à ajuda pública para rastrear os movimentos da van entre segunda e sexta de manhã.

“É muito importante obtermos informações sobre a movimentação em relação àquela van, pois esperamos poder encontrar os corpos e isso é importante para a família”, disse Doherty. “Eles estão obviamente arrasados ​​com a notícia.”

Doherty também disse que encontrar os corpos esclareceria melhor como os homens morreram.

Fonte: CNN Brasil

COMMENTS