Pastor com câncer evangeliza no hospital: 'Pregarei o Evangelho enquanto tiver fôlego'

Há dois anos, Larry Brister, pastor principal da Igreja Batista Immanuel em Fort. Lauderdale, nos Estados Unidos, está lutando contra um câncer.

Desde março de 2022, Brister e sua esposa, Ruth Ann, colocaram sua fé em ação durante o longo tratamento, que inclui sessões de seis horas de quimioterapia, mais de 40 consultas de radioterapia e inúmeros procedimentos médicos.

Larry enxergou nos longos períodos no hospital Oncology and Hematology Associates of West Broward, na Flórida, uma oportunidade de pregar o Evangelho para seus colegas de quimioterapia, que também enfrentam o câncer.

“Deus amou tanto meus colegas pacientes que deixou cair um pastor bem no meio deles”, comentou o líder, em entrevista ao Baptista Press.

Mesmo enfrentando suas próprias dificuldades, Larry passou a compartilhar a esperança que há em Jesus, e oferecer orações e aconselhamento. O evangelismo do pastor no hospital já levou muitos pacientes a Cristo.

“Pessoas gravemente doentes simplesmente precisam de alguém para ouvir e nunca recusam a oração”, afirmou.

Cumprindo o Ide até o fim

Larry revelou que já formou novos líderes para substituí-lo na liderança de sua igreja.

“Treinei uma grande equipe que são mais do que capazes de ocupar o púlpito quando sou literalmente incapaz de ficar de pé ou sentado para transmitir uma mensagem com firmeza. Isso aconteceu um total de sete vezes, quatro das quais eu estava no hospital”, relatou.

Ele afirmou que, mesmo estando afastado de seu cargo como pastor da congregação, não se aposentará de seu dever como cristão de pregar a toda criatura.

"Deus confortou e fortaleceu a mim e a Ruth Ann durante tudo isso. Não estou nem um pouco preocupado ou angustiado”, garantiu.

E concluiu: “Continuarei a declarar a glória de Deus e o Evangelho de Jesus Cristo enquanto tiver fôlego em meu corpo!”.

Fonte: Guia-me