HomeBahia

Na Espanha, Jerônimo Rodrigues articula acordo de cooperação técnica

O Governo do Estado já deu o primeiro passo para estabelecer um acordo de cooperação técnica com o Centro de Pesquisa e Tecnologia em Hidrogênio (CER-H2), da Universidade Politécnica da Catalunha, na Espanha. Na manhã desta quarta-feira (28), o governador Jerônimo Rodrigues visitou o campus onde funciona o centro, em Barcelona, e, além de conhecer os equipamentos utilizados na pesquisa, iniciou as tratativas para a parceria entre a universidade e o governo baiano.

“Esse termo de cooperação que nos comprometemos a assinar vai garantir a troca de experiências e o intercâmbio de profissionais, como cientistas e técnicos, com a intenção de fazer a Bahia avançar na produção do hidrogênio verde. Sabemos que com o potencial do nosso estado e os conhecimentos que serão compartilhados podemos, tranquilamente, produzir os nossos fertilizantes”, pontuou Jerônimo Rodrigues.

Uma das linhas de estudos e experimentos dos pesquisadores espanhóis é para aplicação do hidrogênio verde para veículos. Eles estudam também alternativas para diminuição de custo na produção dessa fonte de energia limpa.

Além do governador, a primeira-dama do Estado, Tatiana Velloso; o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico (SDE), Ângelo Almeida; e o superintendente de Atração e Desenvolvimento de Negócios da SDE, Paulo Guimarães, participaram desta agenda. Uma delegação baiana do Senai/Cimatec, formada por Walter Pinheiro, relações corporativas e governamentais; Leone Andrade, diretor de Tecnologia e Inovação e reitor do Campus Integrado de Manufatura e Tecnologia; e José Luis Gonçalves de Almeida, gerente executivo e coordenador de programas também acompanhou o encontro.

O gerente executivo do Senai-Cimatec, José Luis Gonçalves de Almeida, destacou a participação da instituição na parceria. “Vamos colaborar na elaboração de uma estratégia sustentável de descarbonização. O Senai-Cimatec já tem feito trabalhos com o governo do estado da Bahia, dando toda a assistência técnica possível, na elaboração de projetos relacionados a energias limpas, processo de descarbonização, nas reações de redução de gás carbônico e outras ações”, disse.

Representantes do Consulado e Embaixada brasileiros na Espanha também acompanharam a visita. Os órgãos diplomáticos ficaram responsáveis pelas primeiras intermediações entre as organizações envolvidas no acordo.

Hidrogênio verde na Bahia

Para fortalecer a posição da Bahia na transição para uma economia de baixo carbono, o Governo do Estado lançou o Atlas do Hidrogênio Verde durante a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP28), em Dubai, em dezembro do ano passado. O H²V Atlas Bahia é fruto de uma parceria entre o governo estadual e a Federação das Indústrias da Bahia (Fieb), sendo o primeiro do mundo, destaca o potencial do estado na produção de energia limpa, consolidando-o como referência global no setor de energias renováveis. Além disso, a iniciativa reforça o compromisso da Bahia em promover práticas sustentáveis e preservar seus ecossistemas.

Paralelamente, a parceria entre o Governo e a Unigel – referência na produção de fertilizantes – é outro marco significativo no avanço rumo à economia de baixo carbono. A primeira etapa do projeto de implantação de uma planta de produção de hidrogênio verde em Camaçari, já está em construção e conta com investimento de US$120 milhões e com a tecnologia de eletrólise de alta eficiência da alemã Thyssenkrupp Nucera.

A iniciativa também posiciona a Bahia como protagonista na produção de energias limpas, além de impulsionar a economia local e regional. A produção da Unigel inclui também a utilização da amônia verde como combustível, em especial por navios graneleiros e porta-contêinere.

Mais tecnologia

De volta ao Fira de Barcelona, Jerônimo cumpriu mais uma agenda dentro do Huawei Mobile World Congress (MWC) 2024 e se reuniu com executivos da Huawei, com quem o Governo do Estado já tem projetos de aplicação de tecnologias em áreas como Educação e Segurança Pública. Na oportunidade, o chefe do executivo baiano aproveitou para dar as boas vindas ao novo presidente da Huawei Brasil, Gao Kexin.

Fonte: Diário Bahia

COMMENTS