Muçulmanos impedem construção de escola cristã na Indonésia

Moradores de Parepare, um bairro muçulmano na Indonésia, rejeitaram a construção de uma escola cristã no local, alegando que a instituição não tinha a permissão legal para realizar a obra.

No entanto, a “Gamaliel Christian Education” (“Escola Cristã Gamaliel”) obteve a licença do governo regional e mesmo assim teve a construção interrompida.

Segundo o International Christian Concern, Djuanda Alfonsius, presidente da escola, informou que a permissão para construção foi obtida pelo Governo Regional da Cidade de Parepare, em julho deste ano.

O terreno pertencia à uma igreja, e então, foi entregue à fundação para ser convertida em uma escola.

Intolerância religiosa local

O advogado da Fundação Gamaliel, Rachmat S. Lulung, destacou que a Gamaliel Christian School não é uma escola exclusiva para crianças cristãs.

Rachmat observou que a instituição se concentra na educação de todas as crianças locais.

De acordo com o International Christian Concern, o caso destaca a intolerância religiosa que os cristãos enfrentam ao “se reunir para adorar e construir novas escolas ou igrejas”.

“Por favor, ore para que casos de intolerância como este não se espalhem na Indonésia e ore para que o governo atual e o futuro sejam mais tolerantes com as liberdades religiosas e a diversidade no país”, pediu a missão.

Atualmente, a Indonésia está classificada em 33° lugar na Lista Mundial da Perseguição de 2023 da Portas Abertas.

Fonte: Guia-me