Missionários celebram 7 batismos e 1 casamento em Mianmar

O missionário e fundador da Free Burma Ranger (FBR), organização humanitária e de assistência cristã, Dave Eubank, relatou mais uma grande conquista em Mianmar.

Ele contou que no último domingo de 2023, sete jovens renovaram seu compromisso com Jesus e pediram para serem batizados durante o acampamento após o treinamento realizado pela FBR aquele ano.

“Além disso, celebramos a união matrimonial de dois líderes do FBR, Aung Zaya e Lin, que ficaram noivos aqui em nosso campo de treinamento um dia antes da cerimônia de formatura”, disse.

Dave contou que Aung Zaya e Lin se conheceram na universidade antes do golpe de Estado de 2021. Depois eles se juntaram ao Movimento de Desobediência Civil (MDL), mas, quando o Exército de Mianmar [ex-Birmânia] começou a assassinar pessoas nas ruas, o casal fugiu para a selva para ajudar como pudessem.

Eles iniciaram um serviço de comunicação social para esclarecer o que estava acontecendo, para encorajar as pessoas e para coordenar a ajuda.

“A FBR os conheceu no campo de batalha no estado de Karenni em 2022 e se tornaram amigos”, lembra Dave. Aung Zaya é formado em engenharia e, segundo Dave, é brilhante.

Casal missionário

Dave contou que o rapaz decidiu que queria ser Ranger “depois de trabalhar com nossas equipes em campo”.

“No ano passado ele participou do treinamento da FBR e se formou como um dos melhores Rangers. Ele voltou ao campo de batalha e se tornou um líder de área em Karenni, onde seu trabalho corajoso e salvador de vidas e suas habilidades de reportagem inspiraram a todos”, relatou Dave.

Missionários oram pelos recém-casados. (Fotos: Free Burma Ranger)

Enquanto isso, Lin ajudava a administrar o programa de mídia, além de apoiar os Rangers e outras organizações de ajuda humanitária.

“Eles estavam apaixonados e decidiram se casar, com o pedido de casamento feito no acampamento da FBR, mesmo que isso significasse uma longa e arriscada jornada para chegar lá. Que alegria foi fazer parte desse casamento”, comemorou Dave.

Batismos

Dave contou e celebrou a decisão dos sete birmaneses que decidiram se batizar.

“Eles pertencem aos grupos étnicos Karen e Karenni e, como é familiar aos jovens de muitas culturas, foram criados em famílias cristãs, mas só recentemente foram escolhidos para seguir Jesus por si próprios”, disse Dave.

Os sete jovens que decidiram ser batizados. (Fotos: Free Burma Ranger)

Dois dos Rangers, Saw DeeDe e Saw Christ Htoo, agradeceram a Deus por resgatá-los da morte durante os ataques no estado de Karenni e cumpriram a promessa de serem batizados quando retornassem.

Christ Htoo havia se recuperado de três ferimentos nas costas causados ​​por um ataque aéreo em julho passado.

Deus também respondeu à oração de Saw Nay Htet Lin para poder ingressar na Jungle School of Medicine (JSMK) da FBR, depois de ouvir muitos testemunhos sobre pedir a Deus por suas necessidades e vê-Lo “abrir o caminho” e “orar com fé”, segundo ao lema do Ranger.

“Ele está agora no segundo ano como aluno do JSMK e também quis cumprir seu voto de ser batizado em gratidão à fidelidade de Deus.

Dave disse que o discipulado nos devocionais matinais diários foi importante para todos os homens, especialmente para Saw Wai Htoo, que compartilhou como voltou à fé depois de um tempo longe da igreja, convencido e encorajado pelo fundamento espiritual do lema da FBR.

Vida nova

Saw Nyein Chan e Saw Nay Oo Lwin ficaram gratos pela oportunidade de crescer na fé durante os dois meses de treinamento da FBR e por terem a oportunidade de serem batizados aqui também.

“Um momento muito especial foi quando o filho de K'Paw Say (Monkey), um líder sênior e um dos primeiros Rangers e capelães, surpreendeu até mesmo seu pai com sua decisão de ser batizado”, disse Dave.

Saw P'lay Lae Ku disse: “Eu sabia que estava longe de ser o cristão perfeito que minha mãe ensinava na Escola Dominical, mas percebi que, em vez de me esforçar sozinho, precisava pedir a ajuda de Jesus e Ele me mudaria à sua maneira. Estou grato por ter vindo para o acampamento por ter conseguido entender melhor minha fé.”

Dave finalizou com gratidão “a estes homens, pela presença viva de Jesus nos seus corações, e por todos este ano que investiram nos devocionais matinais para entregarem a maior mensagem de nova vida aos Rangers no nosso treino FBR”.

Fonte: Guia-me