Missionário exorta cristãos a buscarem avivamento: “Não há tempo para brincar”

O missionário David Gava exortou os cristãos a buscarem um avivamento para os dias de hoje e crer no mover profético, durante ministração no evento 7NES (Sete Noites em Sião) na Zion Church Lisboa, liderada pelos pastores Eduardo e Kristin Nunes, na sexta-feira (26).

O líder, que nasceu na África, atua na JOCUM na Suécia, junto com sua família. Baseado na passagem bíblica de Atos 2, incentivou a geração atual a crer e a buscar o sobrenatural em 2024.

“O que está te impedindo de ver o Senhor? O que está em você que precisa morrer para que possamos ver o Senhor?”, introduziu Gava.

O missionário lembrou de como a profecia de Joel sobre o derramar do Espírito se cumpriu no Dia de Pentecostes.

“Antes de subir aos céus, Jesus disse aos discípulos: ‘Esperem a promessa de meu Pai no cenáculo’. E eles esperavam e estavam louvando, quando o Espírito veio sobre eles com línguas de fogo”, afirmou.

Rejeição do mover

Relembrando os avivamentos ao longo da história da Igreja, como Gales, Azusa, Toronto e “Movimento Jesus Revolution”, David observou que sempre houve pessoas que duvidaram do mover do Espírito.

“Assim como zombaram no livro de Atos, dizendo que os discípulos estavam bêbados, algumas pessoas foram zombando de geração em geração, perguntando o que é isso? Isso não pode ser Deus”, disse.

Segundo o líder, por Deus nunca se manifestar da mesma forma, muitos crentes acabaram rejeitando as manifestações do Espírito Santo.


David Gava no 7NES, na Zion Church Lisboa. (Foto: Guiame/Marcos Corrêa).

“Deus está se movendo com sinais, milagres e maravilhas, e as pessoas dizem: ‘Não pode ser Deus’. Mas nós queremos que o fogo no altar esteja queimando todo o tempo”, avaliou David.

E continuou: “Mas como o fogo no altar pode estar queimando, quando nós não queremos o que Deus está fazendo? Como você não pode explicar, você rapidamente diz: ‘Não é Deus’”.

Assim como o maná não deveria ser guardado para os dias seguintes pelo povo de Israel no deserto, assim o cristãos não devem viver apenas das experiências espirituais do passado. Conforme o missionário, o cristão precisa buscar um mover para a sua geração.

“Nós não podemos nos concentrar naquilo que Deus fez a 20, 30, 100 anos atrás. O que Ele está fazendo agora?”, ponderou.

Gava encorajou os seguidores de Jesus a crerem no agir sobrenatural. “Não questione Deus, não duvide de Deus. Se o maná da sua presença vier, você vai abraçar”, comentou.

E completou: “Deus quer fazer algo, mas você está aberto para isso? Será que podemos deixar de lado a nossa cultura, nossas tradições, nossas denominações. Será que podemos estar numa posição de humildade e dizer: ‘Deus, eu não sei o que é isso, mas eu confio na sua Palavra e no seu caráter”.

Palavra profética para os jovens

Para o líder, a Igreja atual deve avançar e não estacionar no Reino espiritual. “Acredito que Deus tem algo para fazer em 2024, onde podemos ver uma cidade e até uma nação nascer de novo em um dia”, declarou.

“O véu foi removido, e aquilo que levaria semanas e meses, tem um avançar sobrenatural, porque o Senhor está nos acelerando. E não há tempo para ficarmos brincando”.

O missionário ainda deixou uma palavra profética específica para as novas gerações: “Eu vejo uma unção única sobre vocês, com uma idade muito jovem. Você é tão influente para todos seus amigos e familiares. Deus te dará palavras de sabedoria que te levarão para a oração e intercessão”.

“Deus está levantando uma geração de filhas e filhos proféticos, é tempo de se levantar e brilhar, pois a sua luz já veio e a glória de Deus se levantou sobre você. Sonhos e visões vão começar a aumentar na sua vida. Você vai caminhar em justiça e santidade”, concluiu David.

Assista a pregação completa:

Fonte: Guia-me