Menino prioriza oração pela igreja perseguida: ‘Minha rotina todas as manhãs’

Um menino compartilhou que, em sua família, a leitura da Bíblia e as orações pelas igrejas perseguidas fazem parte da rotina de sua casa todas as manhãs.

Toby contou que, junto com seu pai, o pastor Andrew Ollerton, ele faz a leitura da Bíblia todas as manhãs e ora pela lista de observação, ou Lista Mundial da Perseguição da Portas Abertas, onde estão os 50 países onde é mais difícil ser cristão.

“Oramos por um país diferente e sobre como a igreja está chegando lá. E pelas pessoas que estão sendo perseguidas”, contou. Em seguida, eles oram por seus amigos, comunidade e igreja.

Toby disse que também criou um pequeno livro sobre os cristãos perseguidos em diferentes países e como as pessoas podem orar por eles.

“Há um diário em que você ora por um país diferente a cada semana”, disse ele.

Nesse “relógio de oração” estão os 50 países onde vivem os cristãos mais perseguidos. Toby mencionou dois exemplos: a Coreia do Norte e o Afeganistão.

Lendo a Bíblia

Junto com a oração, o menino também destacou a importância de ler a Bíblia. "Isso realmente me ajuda a lembrar de… colocar Deus em primeiro lugar em todas as coisas que faço", comentou.

Além disso, Toby também participa de um clube de jovens, onde pode compartilhar o que aprendeu durante a semana com seus amigos que nem sempre têm uma origem cristã.

O pai de Toby, Andrew, também falou sobre o curso bíblico que os pais poderiam oferecer aos seus filhos. O pastor conta que, junto com sua esposa, desenvolveu atividades divertidas capazes de ajudá-los a crescer como uma família firmada em valores cristãos.

O curso inclui 40 pequenas sessões familiares por 10 minutos por dia. Cada família pode assistir ao vídeo, ler a Bíblia, fazer um teste e orar juntos.

“Ele amplia o seu conhecimento sobre o Senhor. E ajuda mais tarde na vida… quando você está machucado ou algo assim, ter Alguém em quem confiar e que está sempre com você", testemunhou Toby.

Fonte: Guia-me