Membro de gangue se converte e se torna evangelista na escola: "Deus me transformou"

Jonathan, dos Estados Unidos, testemunhou como foi resgatado do mundo do crime após quase perder a vida durante uma briga.

Ele cresceu na Califórnia em uma área dominada por gangues. Na adolescência, influenciado por seus irmãos mais velhos, Jonathan ingressou em uma gangue e a violência se tornou comum em sua rotina.

O garoto até mesmo levava armas para a escola, como uma forma de se defender. “Esta foi uma grande batalha para meus pais, porque eles queriam nos criar de uma maneira diferente”, contou ele, ao canal da Bethel Church no YouTube.

Até que uma briga durante um baile da escola rival, mudou a vida de Jonathan para sempre.

“Fui ao baile de boas-vindas da nossa escola rival e me lembro de estar lá com meu par. E de repente um ovo atinge minha jaqueta”, disse ele.

“Teve um carinha bem baixinho que apareceu e foi me empurrar. Enquanto isso, estendi a mão, agarrei seu pescoço e o levantei do chão com uma mão. Comecei a apertar o máximo que pude e ele sacou uma arma e a enfiou bem na minha cara”, relatou.

Clamando por socorro

Pela primeira vez em sua trajetória criminosa, o adolescente temeu por sua vida. Neste momento, Jonathan clamou a Deus por misericórdia e ajuda.

“Comecei a gritar e dizer: 'Deus, realmente espero que Tu estejas aí em cima. E se houver alguma maneira de você me tirar dessa situação, me tire porque não quero morrer'”, lembrou ele.

Milagrosamente, seu rival não disparou a arma e Jonathan escapou ileso da briga. Após ser salvo pelo Senhor, o gangster percebeu que precisava mudar de vida.

“Vou acabar morto ou na prisão. Eu tentei tudo o que este mundo tem a oferecer, estou disposto a dar uma chance a Deus”, pensou ele.

Testemunhando sua transformação

No domingo seguinte, o ex-membro de gangue foi à igreja para buscar um relacionamento com Jesus.

Lá, ele foi acolhido por um pastor da juventude, que o convidou para participar do grupo de jovens. Jonathan aceitou a Cristo e foi discipulado.

Ao ler a Bíblia, o jovem cresceu espiritualmente e entendeu que os planos de Deus eram os melhores para ele.

“Senti que Deus falou comigo e disse: ‘Jonathan, e se for Satanás que está tentando usar sua raiva para mantê-lo longe de mim?’. Deus começou a falar comigo e não se trata de uma lei que oprime, mas de uma lei que liberta”, testemunhou.

O adolescente foi transformado pelo Evangelho e se tornou uma nova pessoa. A mudança chegou a ser percebida em sua escola e, a partir de seu testemunho, o ex-criminoso levou 200 colegas a Jesus.

“Eu não tinha mais aquela raiva. Tudo em mim se transformou em um instante. Foi Deus quem mudou minha vida”, declarou Jonathan.

Fonte: Guia-me