Médico cristão ensina a começar 2024 resolvendo traumas e feridas do passado

Em seu podcast “Divinamente”, no canal JesusCopy, o médico cristão e escritor, Jonatas Leônio, mais conhecido como Dr. Johnny, ensina como “redimir a nossa história resolvendo questões do passado”.

“Se não fizermos as pazes com o nosso passado, viveremos em guerra com o presente e o futuro”, disse ao explicar que histórias mal resolvidas costumam voltar.

Toda ferida que não é fechada nos fecha, nos enclausurando em nós mesmos. Podemos voltar para o nosso passado de forma reconciliada”, enfatizou que o passado pode impactar o presente e o futuro, mesmo quando somos cristãos.

Descartar ou resgatar?

Segundo o Dr. Johnny, o propósito de Deus não é descartar nossa história, mas resgatá-la: “Ele não quer reprimir, mas redimir passado, presente e futuro para que nossa história tenha um novo sentido”.

Na neurociência, o trauma é uma ferida emocional gerada por uma experiência vivida juntamente com um sentimento negativo. “O sentimento de raiva, medo, abandono ou rejeição são privilegiados pelo cérebro para nos proteger”, explicou.

“A memória traumática existe para não nos expormos novamente à mesma situação. E quanto mais emoção, mas fixa a memória se torna”, disse ao esclarecer que quem esquece de um trauma apresenta sinal de doença e não de saúde.

‘Ressentir é sentir de novo’

Ao explicar que a ferida e o trauma possuem o poder de governar nossas vidas, Johnny disse que muitos se fecham para novos relacionamentos.

“Temos que abrir todos os cômodos da nossa vida para Deus iluminar para não vivermos limitados. A história da mulher da dracma perdida ilustra que nós também podemos perder alguma parte de nós para os traumas do passado e viver uma vida parcial”, disse ainda.

O médico compartilha que “ressentir é sentir de novo” e que “redimir é sentir algo novo”. Os fatos não mudam, mas os sentimentos podem mudar.

Mas como mudar os sentimentos? O médico explica que temos que olhar como Jesus: “Temos que usar as lentes de Cristo para enxergar de um jeito novo, para perder o medo de olhar para todas as partes da vida. Em Cristo podemos olhar até para a morte”.

‘Deixe Jesus fechar suas feridas’

“Olhe para as suas mortes, mazelas, feridas e traumas com novos sentimentos. Quero te convidar a olhar para a sua história, em 2024, não com os seus próprios sentimentos, mas com os de Cristo”, disse.

“O perdão é um novo caminho, é a vitória da graça sobre a culpa. Mas, onde não há reconhecimento de culpa, não há perdão. Além disso, o perdão não anula o caminho antigo, mas é um caminho cerebral ou um novo circuito neuronal que é construído”, explicou.

“Jesus não veio para condenar, mas para buscar e salvar o que estava perdido. Não deixe que as feridas fechem você, mas deixe Jesus fechar suas feridas. Ferida fechada é ministério aberto”, resumiu.

Para concluir, o médico lembrou sobre as cicatrizes no corpo glorificado de Jesus: “Pode parecer estranho uma cicatriz num corpo glorificado, mas a cicatriz testemunha que a vida venceu a morte e que nós não fugimos, mas enfrentamos. O que é eterno não tem medo do passado e nada pode nos separar do amor de Deus”, concluiu.

Fonte: Guia-me