Médico ateu se converte após estudar estrutura do olho: "Percebi que havia um criador"

O Dr. Ming Wang chegou aos Estados Unidos como um pobre imigrante chinês com apenas 50 dólares no bolso. Hoje, ele é um renomado cirurgião ocular internacional, e foi pioneiro em técnicas de correção da visão.

“Vim para a América sem conhecer ninguém. Mal conseguia falar inglês. Mas fiquei feliz porque estava livre”, contou Ming, em entrevista à CBN News.

O chinês estava buscando uma oportunidade de melhorar sua vida e conseguiu cursar um doutorado em física de laser pelo MIT e um doutorado em Harvard.

“Eu não acreditava em nada além da ciência”

Ming não acredita na existência de Deus, mas, durante a universidade, ele teve uma experiência que mudou para sempre seu pensamento.

“Eu vim da China como ateu. Eu não acreditava em nada além da ciência”, observou. “Eu estava estudando a estrutura do olho e percebi que o olho humano é muito complicado. Trilhões de trilhões de células precisam estar perfeitamente alinhadas para a captura e interpretação de sinais visuais. Se alguma dessas células sair da linha, a pessoa nasceria cega”.


O Dr. Ming Wang se tornou cristão durante a universidade de medicina. (Foto: Reprodução/CBN News).

Enquanto estudava a estrutura complexa na faculdade de medicina, o jovem ateu passou a questionar de onde vinha uma criação tão perfeita. “Como tantas células poderiam se formar em um período tão curto de tempo por acaso”, se perguntava.

Então, Ming perguntou a um de seus professores, que respondeu: “Ming, o que há do outro lado da rua?' Eu disse: 'Isso é um carro'. Ele disse: 'Qual é a diferença entre um carro e o olho humano?' Eu disse: 'O olho humano é muito mais complicado'. Ele disse: 'Ok, você pode imaginar como peças aleatórias de metal se transformam em um carro?' Eu disse: 'De jeito nenhum'. E ele disse: 'Que tal o olho humano?'”.

Crendo no criador

Naquele mesmo momento, o jovem médico entendeu que havia um criador por trás da formação do corpo humano.

“Começo minha jornada acreditando primeiro que existe um criador, que existe um Deus e, mais tarde, que Deus está na forma de Jesus Cristo e que Cristo morreu pelos nossos pecados para que pudéssemos ter uma chance para a eternidade”, testemunhou Ming.

Ajudando órfãos cegos

O chinês aceitou Jesus como seu Salvador e se tornou cristão. Anos depois, o cirurgião fundou o Wang Vision Institute, uma organização humanitária que restaura a visão de crianças órfãs em todo o mundo.

“Até agora, fiz 55.000 correções de visão a laser, inclusive em mais de 4.000 médicos. Nossa fundação tem sido capaz de ajudar muitos pacientes de todo o mundo, de mais de 55 países, e se dedicar a crianças órfãs cegas”, relatou.

Ming Wang ainda disse que deseja que seu testemunho faça jovens estudantes entenderem que não precisam negar sua fé para trabalhar com ciência.

“Muitos deles estão rapidamente abandonando as igrejas. Eles não precisam escolher entre ciência ou fé. Eles podem escolher a ciência e a fé”, ressaltou.

Fonte: Guia-me