HomeInternacional

Macron exige justiça após mortes de palestinos em Gaza

O presidente francês, Emmanuel Macron, disse nesta sexta-feira (1º) que está indignado com a morte de mais de 100 palestinos em busca de ajuda humanitária em Gaza e exigiu “verdade e justiça” em relação ao papel dos soldados israelenses no ataque.

As autoridades de saúde de Gaza disseram que as forças israelenses mataram a tiros mais de 100 palestinos nesta quinta-feira (29) enquanto aguardavam uma entrega de ajuda. Israel culpou as mortes em multidões que cercaram caminhões de ajuda, dizendo que as vítimas foram pisoteadas ou atropeladas.

“Profunda indignação com as imagens vindas de Gaza, onde civis foram alvo de soldados israelenses. Eu expresso minha mais forte condenação a esses tiroteios e peço a verdade, justiça e respeito ao direito internacional”, disse Macron em um post no X.

Ele disse que era imperativo que um cessar-fogo imediato na guerra fosse posto em prática.

Falando na rádio France Inter nesta sexta-feira (1º), o ministro das Relações Exteriores, Stephane Sejourne, disse que Paris apoiará o pedido das Nações Unidas para uma investigação independente.

“A situação humanitária tem sido catastrófica há várias semanas e o que aconteceu é indefensável e injustificável. Israel precisa ser capaz de ouvi-lo e precisa parar”, disse Sejourne à France Inter.

“Demos um passo adiante, as pessoas estão lutando por comida e há tumultos. Ouvi o pedido do Secretário-Geral das Nações Unidas para abrir uma investigação independente e acho que a França apoiará isso”, disse Sejourne.

Fonte: CNN Brasil

COMMENTS