LEONARDO AUGUSTO
BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) – Uma lutadora de jiu-jítsu de 16 anos, moradora de Montes Claros, na região norte de Minas Gerais, deu um mata-leão e imobilizou um homem de 48 anos que a teria assediado dentro de um ônibus durante viagem para Vitória (ES).

O suspeito foi autuado em flagrante por suspeita de importunação sexual e encaminhado ao sistema prisional, segundo informações da Polícia Civil. A reportagem não conseguiu contato com a defesa do suspeito. O homem afirmou à Polícia Militar que seguia de Manaus (AM) para Serra, também na Região Metropolitana de Vitória. Disse que, enquanto cochilava, sua mão teria caído na perna da adolescente.

O ônibus seguia para a capital capixaba na madrugada desta sexta (4). A lutadora viajava com o pai para uma competição na cidade. O caso foi registrado na Delegacia Regional de Cariacica, na Região Metropolitana de Vitória. À imprensa local a lutadora contou que o homem passou a mão em sua perna e que, inicialmente, chamou o seu pai. Em seguida, aplicou o golpe conhecido como mata-leão. A jovem disse ainda o homem tentou se defender falando que estava dormindo. A lutadora, porém, afirmou ter visto que o suspeito estava acordado.

Leia Também: Arthur do Val é agredido durante protesto contra violência policial

Fonte: Notícias ao Minuto