HomeÚltimas Notícias

Lula exalta carro bioelétrico e fala em ‘virada’ na indústria automotiva após reunião com o setor

Segundo presidente, veículos híbridos flex, que combinam etanol e eletricidade, são tecnologia que só Brasil tem no mundo; petista comemorou R$ 117 bilhões em investimentos anunciados pelas montadoras até 2028

BRASÍLIA – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu na tarde desta quinta-feira, 14, no Palácio do Planalto com representantes do setor automotivo. Segundo o perfil oficial do petista no X, antigo Twitter, a conversa foi sobre transição energética no setor.

“Tarde de reunião com representantes do setor automotivo e de combustíveis para falar do potencial brasileiro na produção de veículos híbridos flex, o carro bioelétrico, tecnologia que só o Brasil tem no mundo e que combina a possibilidade do uso do etanol e dos carros elétricos”, disse presidente da República.

“Cada vez que converso com Geraldo Alckmin (vice-presidente e ministro da Indústria e Comércio) sobre os crescentes investimentos, fico feliz com a virada do setor no nosso País. Já são mais de R$ 117 bilhões anunciados pelas montadoras até 2028, gerando empregos e crescimento econômico”, acrescentou. “Acreditamos no Brasil e no seu potencial na transição energética. O País abandonou o discurso do passado e está investindo no futuro.”

Além de Lula e Alckmin, participaram o ministro da Casa Civil, Rui Costa, e o professor de economia e ex-presidente do BNDES Luciano Coutinho, além do secretário especial de Análise Governamental da Casa Civil, Bruno Moretti.

Os representantes do setor privado eram Emanuele Capellano (presidente da Stellantis para a América do Sul), Ciro Possobom (CEO da Volkswagen no Brasil), Evandro Maggio (presidente da Toyota no Brasil), Christopher Podgorski (CEO e presidente da Scania para a América Latina), Aroaldo Oliveira (presidente da IndustriALL-Brasil e diretor-executivo do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC), Evandro Gussi (diretor-presidente da União da Indústria da Cana-de-Açúcar e Bioenergia – Única), Mário Campos (presidente da Bioenergia Brasil), Carlos Ubiratan Garms (conselheiro da Associação Brasileira do Biogás – Abiogás – e diretor da Cocal); Tyler Li (CEO da BYD), Stella Li (vice-presidente global da BYD), Alexandre Baldy (presidente do Conselho da BYD Brasil, Roberto Matarazzo Braun (diretor de Comunicação e ESG da Toyota) e Gustavo Bonini (diretor Institucional da Sania América Latina).

Fonte: clique aqui.

Você gostou desse conteúdo? Compartilhe!