Iraquiana foge do Estado Islâmico com Bíblia na mão: “É tudo o que tenho”

Jelila é uma cristã perseguida que vive no norte do Iraque, onde as antigas raízes da fé cristã estão em jogo, conforme o Global Christian Relief.

A organização explica que, em 2002, havia 1,5 milhão de cristãos no país, mas este número caiu para menos de 150 mil por conta da guerra, extremismo muçulmano, deslocamento forçado e instabilidade econômica.

Mas, um remanescente fiel optou por permanecer na área para garantir a sobrevivência da Igreja, apesar da discriminação e da perseguição religiosa. Jelila faz parte desse remanescente.

A idosa conta que continua firme na fé em Cristo e relata sobre o momento em que o Estado Islâmico invadiu a vila onde ela morava.

‘A Bíblia é a luz do Universo’

Jelila lembra que teve apenas alguns segundos para escapar do terror iminente. Sem tempo para fazer as malas, ela fugiu com seu bem mais precioso: a Bíblia.

“Levei a Bíblia. Eu a beijei e comecei a orar”, disse ao destacar que é necessário orar a Deus para iluminar os corações dos perseguidores, para que eles também encontrem a fé.

A idosa não foi atacada pelos soldados, portanto, foi poupada de danos físicos. Mas, ela perdeu tudo o que tinha de bens materiais. Mais tarde, quando voltou para casa, se deparou com a tragédia.

“A casa foi destruída pelo Estado Islâmico e ficamos sem nada. Porém, louvei a Deus por proteger minha família”, disse emocionada.

Até hoje, Jelila diz que não sai de casa sem sua Bíblia: “É o alimento da minha alma, é tudo o que tenho, é a luz do universo”, disse ao se referir às Escrituras.

‘Restaure a igreja à sua antiga glória’

Mesmo diante das dificuldades e morando num lugar onde o critianismo é fortemente hostilizado, Jelila afirma ter perdão em seu coração. Ela não condena os terroristas pelo que fizeram, por destruir sua casa e sua vila.

Jelila diz que ora por eles para que Deus toque seus corações e os atraia a Jesus Cristo. A Global Christian Relief pede orações pelos cristãos perseguidos no Iraque: “Pai Celestial, restaure a igreja à sua antiga glória. Desfaça os anos de terror com o toque de Sua mão poderosa. Conduza o povo iraquiano à salvação em Jesus Cristo”.

A organização destacou que o testemunho de Jelila tem inspirado muitos a se apegarem à palavra de Deus em tempos de dificuldade e também a perdoar os inimigos. “Orem por Jelila e orem por todos os cristãos iraquianos”, concluiu.

Fonte: Guia-me