Família de cristã sequestrada no Egito recebe telefonema: ‘Vocês nunca mais a verão’

Enjy Malak Baseet, de 25 anos, mora com seus pais e irmã mais velha em Marsa Matruh, no Egito. Como acontece com muitos cristãos no país, ela desapareceu sem deixar pistas.

Empregada de uma imobiliária, a jovem leva uma vida tranquila e não tem inimigos, explicou seu pai Malak, ao Global Christian Relief.

Ele contou que o dia do seu desaparecimento, em 11 de outubro, era como qualquer outro. Enjy saiu de casa como sempre e foi trabalhar. No entanto, ela nunca voltou, e com o passar das horas, sua família começou a se preocupar.

“Liguei várias vezes para o celular dela, mas estava desligado. Procurei por ela em todos os lugares, mas não consegui encontrá-la”, contou Malak.

Sem pistas

“Ligamos então para nossos parentes e amigos para verificar se alguém sabia onde ela estava, mas ninguém a tinha visto”, disse ele, explicando que no dia seguinte, a mãe de Enjy recebeu um telefonema assustador.

“Minha esposa recebeu uma ligação de um número não identificado. O homem ao telefone disse à minha esposa que Enjy estava com ele. A pessoa que ligou disse à minha esposa para não procurar por Enjy e ele disse que nunca mais a veríamos.”

Após a ligação, Malak foi imediatamente à polícia pedir ajuda. Ele apresentou uma denúncia sobre o sequestro de sua filha, mas as autoridades se recusaram a considerar o caso como sequestro.

Em vez disso, ele conta, os policiais fizeram o registro no relatório de pessoa desaparecida.

Caso arquivado, sem investigação

Alguns dias depois, Malak procurou a polícia para ver se eles haviam feito algum progresso na investigação.

“Fiquei surpreso ao saber que eles haviam arquivado e encerrado o caso sem buscar mais informações. Eu disse a eles que acreditava que minha filha havia sido sequestrada. Contei tudo sobre o telefonema, mas eles me disseram que a denúncia era de uma pessoa desaparecida e foi encerrada.”

A polícia nem sequer rastreou o número de telefone que ligou para a esposa de Malak.

“Ainda não sei onde minha filha está. Estamos em uma situação muito ruim.”

Para reforçar a ajuda para a jovem, a Global Christian Relief está pedindo aos cristãos que orem para que Enjy seja encontrada e bem.

“Pensamos na família de Enjy durante esse período e oramos o Salmo 34:18, que diz: ‘O Senhor está perto dos que têm o coração quebrantado e salva os que têm o espírito quebrantado’. Eles sentem muita falta de Enjy e não querem nada além de que ela volte para casa”.

Fonte: Guia-me