Família cruza o Atlântico para ajudar refugiados afegãos: ‘Seguindo o nosso herói Jesus’

Timothy Hamilton cruzou o oceano atlântico com sua família para arrecadar dinheiro para a missão “Send Relief”, que trabalha com refugiados afegãos.

No dia 19 de janeiro deste ano, Timothy, seus irmãos Trent e Thomas, e seu sobrinho Ben Clark receberam o terceiro lugar na corrida de remo oceânica “World Toughest Row”, onde passaram 37 dias remando em um barco com cerca de nove metros de comprimento.

Os quatro irmãos — Troy, Trent, Tim e Thomas — se comprometeram em realizar a competição para fortalecer seu vínculo familiar. Porém, depois que Troy e Trent foram para o Afeganistão fornecer ajuda e esperança aos refugiados afegãos, os planos foram adiados.

Nesta viagem, eles conheceram a “Send Relief” e decidiram apoiar o trabalho da organização.

“Acreditamos na missão da Send Relief e adoramos a forma como eles capacitam as comunidades locais para ajudar a ministrar o Evangelho aos refugiados afegãos”, disse Troy, o irmão mais velho.

A competição

Segundo a Baptist Press, desde a queda da capital do Afeganistão nas mãos dos Taliban, em setembro de 2021, a Send Relief tem atendido às necessidades físicas e emocionais das famílias afegãs.

Troy, que planejava assumir o papel de capelão da equipe a bordo, não pôde participar da competição devido a uma lesão nas costas. Então, seu sobrinho, Ben Clark, assumiu seu lugar na equipe chamada “Foar Brothers”.

Eles prepararam devocionais semanais para a equipe meditar. Tim, que é visto pelos irmãos como “um homem do mar”, foi o capitão do grupo. Trent, atuou como gerente de processos e engenheiro de bordo.

Thomas, o irmão mais novo, foi encarregado de cuidar dos alimentos e também serviu como médico a bordo.

Antes da viagem, os irmãos redigiram um acordo onde se comprometeram em ver o melhor uns dos outros.

“Teremos o propósito de seguir o nosso herói Jesus, cada um servindo uns aos outros como sendo maiores do que nós mesmos”, escreveu eles.

“Eu sabia que as estatísticas eram boas em termos de segurança. Mas, ainda assim, foi mais empolgante do que pensei que seria ver meus irmãos navegando em um pequeno barco a remo rumo ao Atlântico”,disse Troy.

Durante a disputa, os irmãos enfrentaram ondas de 6 metros, enjôos e ventos fortes que ameaçavam tirá-los do trajeto.

“É muito difícil, a coisa mais difícil que qualquer um de nós já fez na vida. As duas primeiras noites foram um desafio. Elas pareciam intermináveis”, contou Thomas.

Jesus a bordo

Enquanto enfrentavam momentos desafiadores, os irmãos e o sobrinho tiveram conversas edificantes e momentos de adoração.

“Eu diria que fomos abençoados por Deus e isso tem sido encorajador. Me aproximei dos meus irmãos. Eu os entendo muito melhor do que no passado”, relatou Thomas.

A equipe de remo “Foar Brothers” cruzou a linha de chegada em Antígua e foi recebida por seus familiares em terra.

Apesar de entrar na competição na categoria “expedição”, com desejo de experimentar o remo como uma aventura e não como uma corrida, o grupo terminou em terceiro lugar entre um total de 38 equipes.

Fonte: Guia-me