Matthew Grech, um ex-homossexual, vem lutando nos tribunais de Malta, lugar onde mora, no arquipélago que fica na Europa, para garantir o seu direito à liberdade de expressão.

Desde que deixou o estilo de vida LGBT+, ele passou a sofrer perseguição por compartilhar o seu testemunho, e agora pode ser preso por causa disso.

Grech contou ao FaithWire, da rede CBN News, que precisou retornar ao juízo, recentemente, para mais uma vez apresentar sua defesa.

“Se eu for considerado culpado, posso passar cinco meses na prisão, ou posso pagar uma multa de até 5.000 euros, apenas por realmente exercer minha liberdade de ser cristão e apoiar outras pessoas que desejam se afastar de identidades ou desejos LGBT”, disse ele.

Tudo iniciou quando ele deu uma entrevista ao programa PMnews, onde compartilhou o seu testemunho de conversão a Cristo e mudança de vida. Como Malta é um país que proíbe “mudar, reprimir ou eliminar a orientação sexual de uma pessoa, identidade de gênero e/ou expressão de gênero”, isso foi entendido como um crime em potencial.

The post Ex-gay pode ser preso por contar testemunho de libertação appeared first on Fuxico Gospel.

Fonte: O Fuxico Gospel