Ex-funkeira, esposa de Yudi diz que ouviu voz de Deus em show: "Larga tudo por mim"

A cantora Mila Braga, esposa de Yudi Tamashiro, viveu uma transformação ao conhecer o Evangelho através do marido e aceitar Jesus.

Recentemente, Mila lançou sua primeira música gospel, após abandonar a carreira secular. Ela já tinha passado pelo sertanejo, axé e brega-funk, e ficou conhecida no Brasil com o funk “Tudo ok”.

O primeiro single cristão da cantora, “Simplesmente Sou", conta seu testemunho de conversão.

"Eu quis retratar nessa música e no clipe a maneira que Deus se revelou para mim. Isso foi muito forte na minha vida", disse Mila, em entrevista ao G1.

Ela relatou que conheceu Jesus através de Yudi, após se reencontrarem. Eles já haviam namorado no passado, quando o apresentador ainda não era cristão.

“Desde que o Yudi voltou para minha vida, ele trouxe o Evangelho, trouxe a mensagem de Deus, e nas atitudes dele também. Então através da transformação dele, a minha vida também foi sendo impactada e transformada", testemunhou Mila.

Encontro sobrenatural em show

Enquanto era evangelizada por Yudi, a cantora teve um encontro sobrenatural com Deus durante um de seus shows.

"Aos poucos, eu fui entendendo que o que eu acreditava era muito raso. Então fui mergulhando nesse profundo, foi entendendo, até que um dia, Deus falou comigo no meio de um show, e é o que eu relato no meu clipe. Deus falou: 'Larga tudo por mim'. E foi o que eu fiz”, revelou.

E acrescentou: “Muitos me julgam doida, porque eu estava estabilizada, com um grande sucesso. Mas eu acreditei na voz de Deus e na visão que Ele me deu”.

Falando do amor de Jesus

Sobre seu passado na música secular, a cristã acredita que foi parte do plano do Senhor. “Acho que Deus tem um propósito em tudo. Talvez se eu não tivesse cantado para essas mulheres que me ouviram cantar 'Tudo ok', 'Macetada', entre outras, eu não tivesse voz”, comentou.

“Como que eu ia falar do amor de Jesus, do que Ele faz, do que Ele salva, de tudo que eu vivi, tudo que eu passei e tudo que Ele tem feito na minha vida, se eu não tivesse ninguém para me ouvir? Então Ele me permitiu estar lá para que, hoje, essas mulheres me ouçam falar do amor de Jesus, que Ele é o caminho, a verdade, a vida”, declarou ela.

Mila ainda afirmou que quer apresentar o amor de Deus ao público feminino que acompanha sua trajetória na música.

"Quando eu chegava em casa, vinha aquele vazio que não preenchia, que a balada, as bebidas e o mundo não me preenchiam", disse ela, sobre sua vida antes da conversão.

E concluiu: "Então o que eu diria hoje para essas mulheres que me acompanham até hoje é que a força verdadeira vem do Senhor”.

Fonte: Guia-me