“Estou vivendo o tempo de Deus”, diz Damar Hamlin em 1º treino após parada cardíaca

Damar Hamlin, jogador do time de futebol americano Buffalo Bills, contou que está "enraizado" em sua fé em Deus ao voltar a treinar para seu retorno à temporada na NFL após a parada cardíaca, que mobilizou milhões em orações por ele, em janeiro deste ano.

O safety, de 25 anos, passou pelo treino que era a última etapa que faltava para ele voltar aos campeonatos, no dia 31 de julho.

Trata-se de uma fase delicada, uma vez que ele recebeu golpes, como o que ocasionou a parada cardíaca no dia 2 de janeiro.

“É uma montanha-russa de emoções. Eu estou voltando pela primeira vez. Jesus não comete erros. Estou no momento certo de Deus”, disse Damar.

“Por mais que a NFL esteja dentro do meu cronograma, este é todo o momento de Deus. Então você vai me ouvir dizer isso. Estou confiando nele e essa é a minha força em tudo isso agora”, acrescentou o jogador.

Agora, ele luta para recuperar seu espaço e garantir um contrato entre os 53 atletas que o time pode inscrever na temporada.

Seguro em Deus

Em uma coletiva de imprensa, Damar reconheceu que quase perdeu sua vida praticando o esporte que tanto ama, porém informou que ainda tem planos e sonhos para sua carreira.

“Estou enraizado na minha fé, estou enraizado no amor que recebo da minha família, dos meus companheiros de equipe e do amor em todo o mundo. Eu tenho metas que ainda quero alcançar neste jogo. E o futebol te ensina muito sobre si mesmo e sobre a vida”, contou ele.

Damar confessou que ainda se sente um pouco assustado por ter passado por todo esse processo:

“Não tenho medo de dizer que estou um pouco assustado. Mas, como eu digo, minha força está enraizada na minha fé, e minha fé é mais forte do que qualquer medo. É isso que eu quero pregar aqui”.

E continuou: “Essa é a mensagem que quero espalhar para o mundo, que desde que sua fé seja mais forte do que seus medos, você pode superar qualquer coisa. E é por isso que estou vivendo agora”.

“Estou no processo de cura, mas é uma benção estar aqui e construir o que estou fazendo”, concluiu o atleta.

Fonte: Guia-me