Aumentou para para treze o número de denúncias de crimes sexuais contra o ginecologista Elziro Gonçalves de Oliveira. A informação foi confirmada ao Bahia Notícias, pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (2). Em nota, a Polícia Civil informou que a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Brotas, onde o caso está sendo investigando, relatou que, ao decorrer desta semana, está ouvindo os depoimentos de vítimas e testemunhas ligadas às clínicas onde o médico atendia. "A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Brotas está dando andamento à investigação das denúncias de crimes contra a dignidade sexual, que teriam sido praticados por um médico ginecologista. Ao longo da semana estão sendo realizadas oitivas de vítimas e testemunhas ligadas às clínicas nas quais o profissional prestava serviço. Até o momento, há treze ocorrências registradas contra o suspeito", detalha a polícia, por meio de nota. Os casos seguem sendo investigados e acompanhados pela Polícia Civil, Ministério Público e Conselho Regional de Medicina (Cremeb).Fonte: Bahia Notícias