Após ouvir a voz de Deus, criminoso desiste de matar homens e aceita Jesus

Antonio Francis cresceu em um bairro pobre tomado pela criminalidade na Flórida, Estados Unidos.

Sua mãe e avó lutaram para criar o menino em meio à pobreza e a ausência do pai, que estava preso por assassinato.

Para não seguir os mesmos passos do pai e do ambiente em que vivia, a mãe se esforçou para mostrar outras realidades para Antonio. Mesmo sem frequentar uma igreja, ela orava com os filhos e lia o Salmo 23 todas as noites, antes de dormirem.

Ao crescer, Francis acabou vendendo drogas e cometendo roubos. A partir daí, sua vida foi marcada pela violência e pelo crime.

Plano de vingança

Até que certo dia, o jovem acabou sendo assaltado por três homens e Francis embarcou numa jornada para se vingar. “Alguém veio e me roubou sem máscara. Decidi que mataria todos esses três caras”, contou ele, em entrevista ao canal do YouTube Delafé Testimonies.

Porém, o criminoso passou a ter experiências sobrenaturais com Deus. “A primeira vez que decidi matar esses caras, ouvi uma voz alta: 'Se você fizer isso, você vai morrer ou ir para a prisão pelo resto da sua vida’. Eu costumava ouvir as pessoas falarem sobre a voz de Deus”, disse ele.

O jovem continuou ouvindo o Senhor falando com ele, mas permaneceu com seu plano de vingança.

Uma noite, enquanto ele e seu irmão saiam de um posto de gasolina, Antonio avistou os assaltantes que o roubaram.

“Eu os vejo saindo, meu irmão dirigindo, eu disse a ele: 'Espere, esses dois caras que me roubaram'. Eu peguei a arma embaixo do assento, levantei a arma pela metade e ouvi aquela voz: 'Se você fizer isso, vai morrer ou vai para a prisão pelo resto da vida'. Foi ainda mais alto desta vez”, lembrou Francis.

Impactado pela voz de Deus

Impactado pela experiência espiritual, o criminoso desistiu de matar os homens. Curioso para saber quem era Deus, ele lembrou que sua mãe tinha uma Bíblia e foi até sua casa para ler a Palavra.

Nessa mesma época, um primo, que também vivia no crime, havia se convertido e explicou o Evangelho a Francis.

Impressionado pela mudança de vida do primo, Antonio Francis se rendeu a Jesus para viver uma nova vida.

“Ele me levou ao Senhor. Dei a minha vida ao Senhor em 20 de dezembro de 2012 e nunca mais olhei para trás”, testemunhou o ex-criminoso.

Fonte: Guia-me