Adolescente troca festa de 15 anos por viagem missionária na África: “Valeu a pena”

A adolescente cristã Alice Porto, de Fortaleza (CE), escolheu trocar o sonho de ter uma festa de 15 anos para ir à África em viagem missionária.

Em entrevista ao Guiame em terra africana, Alice falou o que a motivou a passar duas semanas servindo no Malawi, através da Missão Mãos Estendidas (MME), em vez de celebrar seu aniversário em uma grande festa.

“Eu tinha esse sonho. Toda menina brasileira tem esse sonho, de ter uma festa de 15 anos, uma festa bonita com vestido”, disse a menina.

Nascida em uma família missionária e filha do missionário Saulo Porto da MME, Alice continuou:

“Eu sempre vi a ida do meu pai aos países da África, ouvia as histórias, isso foi o que me motivou bastante. Eu cresci em uma base missionária, então eu sempre tive essa visão de missão”.

A decisão de Alice foi apoiada por seus pais e irmãos na fé. “A minha família, os meus amigos, minha igreja sempre apoiaram muito. Até a escola, que possibilitou eu estar aqui”, contou.

Testemunho de renúncia


Alice Porto passou duas semanas servindo no Malawi. (Foto: Guiame)

No Malawi, a menina cristã visitou duas escolas, uma primária e outra de ensino médio, e compartilhou com os alunos seu testemunho de renúncia para viver os propósitos de Deus e servir ao próximo.

“Eu conversei com as meninas, e, inclusive, peguei o telefone de algumas para manter o contato”, revelou ela.

“Estou tendo uma experiência ótima. Tive contato com a cultura, com a família africana, com a religião”.

Nas cidades em que viajou, Alice também teve contato com crianças, que ficaram encantadas por ela.

“As crianças são lindas e muito puras. Adorei conhecer elas e já estou fazendo amizade”, observou.

Rodeada por crianças, a adolescente declarou que não se arrepende de sua escolha. “Valeu a pena trocar a festa por essa experiência. Está no coração de Deus o desejo de abençoar todas as nações”, declarou.


Alice Porto passou duas semanas servindo no Malawi. (Foto: Guiame)

Construção de poço

Alice está trabalhando para arrecadar fundos para a construção de um poço para combater a falta de água na região.

“Quando eu pensei em vir aqui para o Malawi, eu observei a seca que esse país sofre. E eu quis pensar em uma solução prática para resolver, que seria a construção de um poço em alguma comunidade que sofre com esse problema”, comentou.

Doações para o projeto podem ser enviadas através do PIX: prsauloporto@gmail.com.

Fonte: Guia-me